FAQ - PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ Rânia Luz


Não aplico, até porque muitas pessoas confundem sexo com toques de massagem, com Maithuna, onde um casal que se ama, se reverência e que tem uma profunda intimidade, amor, amizade, paciência e respeito um ao outro e à si mesmo. Praticam com assiduidade e disciplina os exercícios propostos para aprenderem amanter a chama de um ritual desses por até 4 horas ou muito mais. 

Além disso, existe todo um preparo para harmonizar corpo e alma, para essa fusão profunda. É um ritual, conhecido também como Sexo Sagrado, ou seja, essa troca vai muito além do prazer.

Durante o atendimento permaneço vestida, sem a menor possibilidade de mudança de opinião, independente do número de sessões que forem feitas. 

Além disso, o estímulo visual de uma mulher nua faz que o homem entre em fantasias psicológicas eróticas não relaxando e respirando o suficiente, acabando por ejacular muito superficial e rapidamente, sem a oportunidade de conhecer a sua própria e natural energia sexual percorrendo por todo seu corpo e sua capacidade orgástica.

Na massagem tântrica nunca há sexo, nem troca de carícias entre terapeutas e clientes, porém é totalmente natural que haja o reflexo de querer interagir ou tocar de forma mais íntima, sensação totalmente administrável, levando em conta que a entrega do assistido e profundo de relaxamento é muito importante para a conexão com a terapeuta.

É uma massagem bastante diferente de qualquer outra técnica de massagem. Os clientes são atendidos despidos e deitados sob o futton (colchão que fica no chão), onde haverá uma grande movimentação de energia pelo corpo todo, inclusive o órgãosexual, com a utilização das mãos e um óleo ou gel neutro sem perfume. 

É normal algumas pessoas confundirem a massagem tântrica com um programa sexual ou com uma massagem tailandesa, porém a proposta é totalmente terapêutica, é profundo, energético e espiritual, vai muito mais além do que uma simples masturbação.

Não há contra indicações a pessoas de qualquer raça, peso, credo, ou idade com exceções de menores.

Mulheres também podem e devem receber massagem tântrica como uma forma terapêutica de libertação de inibições, traumas e tabus em relação ao corpo e ao prazer energético, emocional e até físico. 

A massagem tântrica ajuda as mulheres a desenvolverem sua própria feminilidade e sensualidade de uma maneira graciosa, harmônica e tranquila.

Caso você retorne para outras sessões até 30 dias da sua visita anterior é possível manter um desconto fidelidade. Não há necessidade de fechar pacote.

Tenho a disposição toalhas, roupões e toda a linha para higiene íntima disponível para banho no local antes e depois do atendimento.

A sessão de massagem tântrica tem a duração de uma hora a 1 hora e quinze minutos. Podendo ultrapassar , dependendo da anaminese.

Tantra é um termo sânscrito composta por duas raízes acústicas: Tan = trama, teia, expansão e Tra = Libertação.

Uma filosofia hindu que tem por características o matriarcalismo, o naturalismo, a sensorialidade e a desrepressão.

Usa-se de meios práticos como meditação, mantra, yantras e outros, para o despertar da Deusa kundalini, explorando e ativando Chakras para se alcançar o Samadhi (Iluminação), e também da pratica sexual conhecida como Maithuna (O Sexo Sagrado). No Tantra, ao contrário de muitas outras culturas, o corpo é visto como uma ponte que liga a terra ao céu. 

Então o sexo é visto também como uma escada (se usado de forma correta e consciente) que leva o seu praticante ao despertar. 

Para o Tantra, Shiva é a representação do masculino, e Shakti (também conhecida como Parvati, Durga e Kali) representa o feminino, e ambos formam o casal cósmico, pelo qual todos os ensinamentos do Tantra são apresentados aos seres humanos.

Como foram praticamente dizimados pela guerra, e por não serem aceitos dentro da religião hindu, por terem pensamentos e práticas totalmente diferentes, muitos de seus ensinamentos se mantém em segredo, sendo aberto somente aos devotados praticantes desse sistema.

Visto por fora o tantra até pode ser confundido como uma simples prática com conotações sexuais e machistas, onde somente o prazer existe, mas para quem esta dentro, o tantra oferece muitas outras possibilidades para o despertar e o reconhecimento de quem se é.

No ocidente ganhou espaço após a tradução dos livros do mestre indiano Osho, que veio com apontamentos totalmente voltados a meditação e a consciência retirando de suas práticas ancestrais a conotação ritualística pelo qual o tantra é ensinado e praticado. (Muitos dos seus Sannyasins não compreendem seus apontamentos, e transformaram o tantra em uma prática meramente sexual, que só visa a melhora da sexualidade e o aumento do prazer, sem proporcionar nenhuma ascensão com essas práticas).

Muitos se dizem tântricos, mas pouco se conhece do Tantra e menor ainda é o numero dos que se utilizam dos apontamentos do tantra para o despertar da consciência.

Uma coisa é o tantra ser desrepressor e ver tudo como sagrado, outra bem diferente é usar esses apontamentos para satisfação pessoal.

Inúmeros livros têm apresentado o Tantra nas mais variadas formas possíveis, mas muitos deles são completamente enganadores e sem um direcionamento correto para os que buscam no tantra muito mais que práticas orgásticas que te levam a um céu de areia.

Os antigos tratados tântricos ainda permanecem em segredo, guardados a sete chaves por seus verdadeiros mestres, tendo acesso somente os que vibram com o coração e demonstra real interesse por seu sistema de práticas para se alcançar a libertação.

Vale ressaltar também que o tantra esta longe de ser uma Massagem Sensual.

O praticante tântrico requer outras habilidades para que realmente seja denominado de tântrico. O tantra é passado através de um sistema discipular, onde o mestre apresenta os apontamentos e o discípulo realiza as suas práticas.

A grande maioria dos ocidentais ainda não compreende a importância de se ter um mestre que o apresente e ensine os segredos do tantra, se autodenominam mestres de si mesmos, sem nem ao menos ter subido um degrau da escada rumo a sua iluminação. Tomados pelo ego, negam esse tipo de ligação muitas vezes chamando os mestres de enganadores.

Cabe ao iniciante reconhecer aquele que realmente pode lhe dar mais que prazer, alguém que realmente conheça e pratique essa arte milenar que se utiliza de tudo que existe no universo para se alcançar a tão falada libertação.

Costumo sempre salientar que o Tantra é o caminho do  “FIO DA NAVALHA”. Ou você aprende, pratica e desperta, ou vive somente de métodos sexuais traiçoeiros que vão te guiar a uma queda sem fim, mutilando a sua existência.

Pode-se até achar que estão brincando de Tantra, mas o Tantra por si só se separa desses apontamentos incoerentes e meramente masturbatórios.

É preciso ter coragem, disciplina, ousadia, força de vontade, paciência e praticar muito para pensar em ser um caminhante dessa tradição.
(Anand Milan)

CONHECIMENTO INTERIOR, HARMONIA E EQUILÍBRIO PARA VOCÊ

Massagem tântrica é um estilo de massagem que tem como base o Tantra, que é uma filosofia surgida em 2500 a.C., cuja origem nasceu na cultura Drávida, povo que vivia no vale do Rio Indo, onde hoje é conhecido como Paquistão. Tem suas raízes no Tantra Yoga. A Massagem Tântrica desperta seu corpo para a consciência do ser. Para saber mais, clique no botão abaixo.

EU QUERO APRENDER